• Blog
  • >
  • Dados
  • >
  • LGPD: o que você precisa
    saber

LGPD: o que você precisa
saber

LGPD: o que você precisa saber

A Lei Geral de Proteção de Dados entrou em vigor em 2020 e está causando muitas dúvidas nas empresas que atuam na internet. Com o objetivo de proteger as informações de pessoas físicas, a LGPD foi inspirada na legislação europeia e mudou algumas regras importantes.

Mas afinal de contas, o que muda e o que as empresas precisam fazer após a chegada da lei nº 13.709? Leia esta matéria e veja como se preparar para cumprir tudo e evitar problemas com a utilização de informações dos seus clientes.

Lei Geral de Proteção de Dados: o que é?

A própria aprovação da lei foi controversa e demorou para ser sancionada pelo governo. Apesar dos percalços, ela está valendo e as empresas precisam cumpri-la desde já – ainda que não exista punição e fiscalização por enquanto.

A LGPD foi criada para regulamentar alguns pontos importantes sobre o uso de dados pessoais dos usuários na web. São eles:

Coleta
Armazenamento
Tratamento
Compartilhamento

Para deixar bem claro, a lei define como “dados pessoais” quaisquer informações que possam identificar um indivíduo, como vão de um endereço ou CPF até o caminho feito pelo usuário na internet, e tratamento de dados é todo o processo pelo qual essas informações passam dentro da empresa que os coleta.

O que muda para as empresas com a LGPD?

Algumas regras foram introduzidas para aumentar a proteção de todas as informações pessoais que circulam na internet. O descumprimento delas pode gerar problemas para as empresas e também dor de cabeça para os internautas.

Confira alguns dos principais pontos que você precisa ficar atento sobre a LGPD:

Consentimento

A partir de agora, é preciso que o usuário permita de maneira explícita que você pode utilizar os dados obtidos dele. Caso já tenha, deverá entrar em contato confirmando a permissão.

Pegue apenas o que for usar

Você precisa apenas do nome e do e-mail do seu cliente? Então, segundo a Lei Geral de Proteção de Dados, é apenas essas informações que deve coletar. As novas regras determinam que não sejam mais recolhidos dados que não sejam pertinentes, como aqueles considerados sensíveis.

ATENÇÃO → A LGPD classifica alguns dados como "sensíveis", que são aqueles que identificam origem racial, orientação política, religiosa, entre outros relacionados.

Sua responsabilidade

A regra acima é reforçada com a determinação de que o cuidado com a proteção dos dados é da empresa que está recolhendo. Qualquer vazamento ou utilização indevida causará penalidades.

Dados não são permanentes

A qualquer momento os usuários podem pedir para que os dados sejam deletados da base de dados da empresa, que deve fazer imediatamente.

Reforçando a segurança dos dados

A LGPD não foi criada para proibir a utilização das informações, mas sim para que isso seja feito com mais responsabilidade. Um dos principais pontos diz respeito aos cuidados com a segurança de todos esses dados coletados, que são de total responsabilidade da instituição que os coletou.

A adoção de medidas e sistemas que protejam todo o sistema se tornou mais necessária do que nunca. Quem ainda não se preocupava tanto com essa questão passou a ligar mais e entender o tamanho da seriedade do assunto.

Os dados são um assunto muito sério e a Lei Geral de Proteção de Dados veio para fazer esse alerta.

LGPD: o que você precisa saber

Isso envolve questões relacionadas ao Big Data e toda a engenharia dos sistemas que tornam possível trabalhar com informações. O trabalho precisa ser realizado com toda a segurança, além de permitir que o material possa ser tratado para obter ótimos resultados.

A lei não vai complicar a vida das empresas, apenas pretende tornar o ambiente online muito mais seguro para todos os cidadãos. Essa é também uma oportunidade ideal para quem ainda não entendia o potencial da utilização de dados possa entrar nesse universo cheio de possibilidades.

E falando em informações, a Qexpert auxilia sua empresa a traduzir todos os dados obtidos da sua própria empresa quanto dos seus clientes, transformando-os em uma base para melhorar cada vez mais os processos e a rotina empresarial. Tudo, é claro, respeitando ao máximo a Lei Geral de Proteção de Dados. 

© QEXPERT 2020